Buscar
  • Elaine Alcântara

Telemedicina e Atenção Primária à Saúde

A Atenção Primária à Saúde representa um conjunto de ações de cuidados essenciais

à saúde, baseados em tecnologias acessíveis que levam os serviços de saúde o mais

próximo possível dos lugares de vida e trabalho das pessoas, constituindo, assim, o

primeiro nível de contato com o sistema de saúde e o primeiro elemento de um processo contínuo de atenção.


É a porta de entrada do paciente para todas as necessidades com ações resolutivas e

coordenação com os demais níveis de complexidade, determina o trabalho de todos os

outros níveis do sistema de saúde, promovendo, organizado e racionalizando o uso de

recursos especializados.


Na Atenção Primária é possível alcançar promoção e melhoria da saúde e garantir

atenção ao paciente no decorrer do tempo.


Entre as principais características, podemos destacar:


  •  Porta de entrada = primeiro atendimento que determina o trabalho dos outros níveis do sistema de saúde;

  •  Continuidade = proteger, restaurar e equilibrar a saúde da população;

  •  Integralidade = atenção oportuna e sistemática;

  •  Coordenação = comunicação e interação com os diversos níveis de atenção à saúde;

  •  Custo adequado e sustentável = principal ferramenta para evitar os desperdícios no sistema de saúde;

  •  Resolutividade = tratamento adequado e efetivo, identifica os riscos, necessidades e demandas do paciente;


E qual a relação entre Atenção Primária à Saúde e a Telemedicina?


A Telemedicina possibilita diagnosticar, preservar e promover a saúde das pessoas, em

qualquer lugar, a qualquer hora, além de proporcionar uma visão estratégica da saúde

populacional de qualquer região.


A Telemedicina pode entregar aos núcleos de Atenção Primária à Saúde equipamentos

médicos, plataforma, laudos de exames à distância por médicos especialistas e segunda

opinião para que o médico local possa orientar o paciente ao longo de uma jornada de

saúde efetiva.


É na Atenção Primária que efetivamente se produzem os melhores resultados para a

saúde da população. Precisamos mudar este cenário e cuidar para que as pessoas não

adoeçam.


Cuidar da saúde demanda planejamento, visão de longo prazo, tratar o paciente como

o foco central do ecossistema de saúde e os resultados são surpreendentes, com

melhora da qualidade de vida e redução de custos.




(*) Elaine Alcântara é diretora geral da ITMS do Brasil e possui mais de 20 anos de experiência na área de gestão da saúde por meio da Telemedicina.



56 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

©2020 ITMS Brasil